Enquanto verificamos o mercado na procura por novas ofertas, podemos nos deparar com algumas que achamos aliciantes e tentadoras. Quando a apresentação inicia ou se parece com "O nosso cliente..." estamos obviamente a falar de uma empresa direccionada à prestação de serviços de recrutamento e recursos humanos para outra entidade. Isto sempre me fez muita confusão. Se você fosse dono do seu próprio negócio, era capaz de pagar a uma empresa de recrutamento para contratar alguém para si? Eu não. Mas o mercado está cheio destas empresas e parece haver uma tendência pelo aumento da procura destes serviços. Como se não bastasse, existem muitos anúncios que não são claros e não referem que a oferta é para um cliente deles. Para quem não quer ser recrutado através deste regime, tem que estar atento e pesquisar imenso sobre a marca / empresa em questão do anúncio. Mesmo com esta pesquisa, todas as informações que encontrar podem não ser claras e descobrir apenas na entrevista que se candidatou em regime de outsourcing.

O regime de outsourcing é bom?

Eu acho péssimo. Gosto de ser entrevistado pelo responsável ou responsáveis da empresa / negócio em que me estou a candidatar. Compreendo que nas grandes empresas seja complicado tratar de recursos humanos, no entanto é preferível ter alguém dedicado do que uma empresa de outsourcing a tratar disso. Numa entrevista, além da apresentação e demonstração de capacidades, é fundamental transmitir uma relação de compromisso mesmo antes de estar seleccionado. Um simples aperto de mão e olhar de frente, olhos nos olhos, faz toda a diferença. Neste regime, sabe que a pessoa que o está a entrevistar recebe um salário e possível comissão por o contratar para essa empresa. Caso o entrevistador ache que o seu perfil se adequa, será proposto um contrato de trabalho com a empresa de outsourcing para trabalhar na empresa do cliente. É provável que o salário seja baixo pois a empresa para onde vai trabalhar tem que pagar à empresa de recrutamento uma taxa devido ao serviço prestado mais o seu salário. Se algum dia tiver que exigir responsabilidades, deverá se dirigir à empresa de outsourcing. E se esta fechar? Nem quero pensar. Com o regime de outsourcing, além de não ter essa relação próxima com o empregador da empresa onde vai trabalhar, não poderá fazer questões mais internas pois é provável que não lhe saibam responder ( A pessoa que está a entrevistar provavelmente nunca esteve dentro da empresa sequer, nem sabe como aquilo é, só sabe onde fica e o que faz ). No entanto, também pode ser uma oportunidade visto algumas empresas mesmo neste regime conseguirem garantir um bom salário e progressão na carreira. Mas é preciso procurar muito para as encontrar.
November 1, 2017, 6:40 pm
É proibida a reprodução, total ou parcial, do conteúdo deste site sem prévia autorização do autor.

Contacto: [email protected]